29/12/2015

18 coisas antes dos 18 anos.

Oii gente, tudo bem?? No dia 26/12 fiz meus 17 aninhos (to ficando velha e sem criatividade), como todo ano eu faço a lista de coisas para realizar antes do próximo aniversário.. E esse ano não seria diferente, próximo aniversário vai ser o tão sonhado (ou não) 18 anos! Vamos ver o que eu quero realizar antes de fazer aniversário...


  1. Entrar na faculdade para cursar Jornalismo;
  2. Arranjar um emprego;
  3. Ler todos os livros pendentes da minha estante;
  4. Voltar a escrever meus textos e coisas para o blog;
  5. Aprender a tocar violão;
  6. Comprar uma câmera;
  7. Trocar de celular;
  8. Sair num dia e voltar só no outro;
  9. Fazer minha sobrancelha a cada 15 dias o ano inteiro;
  10. Fazer todos os vestibulares de novo;
  11. Fazer ENEM novamente;
  12. Me inscrever em um cursinho online;
  13. Doar meu cabelo cortado;
  14. Abrir minha lojinha no enjoei;
  15. Reencontrar a Mabel e a Jô;
  16. Explorar o centro da cidade;
  17. Ir a algum lançamento literário;
  18. E aprender algumas makes diferentes.
Esse ano resolvi escolher coisas mais 'simples' para conseguir realizar o máximo de coisas possíveis.

Espero que tenham gostado, em 2016 eu volto com tudo com o blog e o canal, um beijo e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

10/12/2015

Ensino médio: acabou :(

Oi gente, tudo bem?? Hoje é um dia um tanto complicado para postar, alguns dias atrás o meu ensino médio chegou ao fim. Eu não sei se fico feliz ou triste, mas nesse exato momento, estou confusa. Do que vai ser minha vida no futuro não tão distante, mas hoje não é dia de fazer desabafo não.. Eu vim contar como foi os últimos momentos do meu ensino médio e mostrar como foi a semana maluca lá na escola.

Foto: 3ºB unido pela primeira e única vez.

Esse ano foi um tanto complicado para educação publica, mas nada que fizesse a gente desanimar no último ano. Algumas vezes até apoiamos nossos professores, outra vezes a gente se apoiava para faltar. Fiquei pensando o ano inteiro no último dia de aula, pedindo para que demorasse (outras vezes para que viesse correndo) porque eu não sabia (e nem sei) o que iria fazer da vida depois que acabasse. Eis que o dia mais temido ou aguardado, chegou!

Minha sala, em si, não era das mais unidas não. Porém os cinco terceiros que tinha, eram todos unidos. Todos amigos, sempre cabulando na sala de algum terceiro. Essa união entre os terceiros, fez com que esse ano fosse um dos melhores. Só via as salas sendo rivais em época de campeonato, e nem isso. 

Foto: Tribunal Silva Prado, grupo vencedor!

Foram vários trabalhos em grupo, vários estresses por causa desses trabalhos que no final tudo dava certo. Fiquei imaginando como vai ser minha vida sem me estressar com esses trabalhos, sem brigar com as pessoas para fazer a sua parte. Porque tudo ficava nas minhas costas e das meninas que faziam, mas na hora todos sabiam. Isso me orgulhava, mostrou que mesmo sem participar falando estava ali, vendo tudo que estava sendo falado.

Como todo ensino médio, tem a semana maluca.. Algumas pessoas desanimaram, mas a maioria foi, participou. Na minha escola, também tinha a tradição do trote, mas esse só rolou uma bagunça fora da escola entre o pessoal dos terceiros (e nem foi todo mundo do 3º que participou).

Abertura campeonato

Final do campeonato e homenagem para professora

Foto: trabalho de português

Foto: dia do pijama

Quando chegou nessa última semana, eu percebi que realmente ACABOU! E agora?? O que vai ser dos meus dias sem ir morta para a escola? Sem atormentar alguns professores? Sem dormir naquela mesa dura passando frio? Sem as brincadeiras a Bianca? Sem o bolo da tia Neia? Não tem uma explicação certa, a solução é se acostumar aos poucos, as lembranças vão ficar sempre! Amizades que começaram do nada, outras que me tinham ódio por mim e agora virou amiga. Não tem explicação para essas coisas da adolescência.

Foto: dia do hippie



Foto: dia da criança

Foto: dia do troca

Na foto: professora Miriam (ed. Fisica), professora Carmem (biologia) e professor Danilo (química)

Só sei que agora acabou e que a saudade vem com o tempo. Momentos como esses que vão ficar na memória para sempre! Fazer do ensino médio um momento único, acho que completamos essa missão com êxito. Vou sentir muita falta dos professores, amigos, tias dos corredores e principalmente, das musicas que a gente ouvia no intervalo pela Rádio Silva Prado. Eu sai do Silva Prado, mas continuarei vendo tudo que está sendo feito lá! Tenho orgulho de falar que eu estudei nessa escola, mesmo com tantos problemas, no final deu tudo certo. 


E eu não podia terminar meu post, se não fosse com a foto dessas meninas. Meninas que me aturaram por um ano inteiro. Que me ajudaram quando eu precisei (seja em trabalhos ou em coisas pessoais), que ouviam minhas histórias de crush, que aturavam meus estresses. Parabéns por me aturarem! Sei que não foi fácil. Espero que essa amizade, continue e que cada uma realize seus sonhos. 
#OvelhinhasDeDeus4ever

Beijos, e até o próximo post.
Acompanhe nas redes sociais

03/12/2015

Estou no YouTube agora!


Oiii gente, tudo bem??? Eu estou ótima! Essa semana eu comecei um treinamento de Mídia Social e meu professor pediu para criarmos um canal, numa conta nova e eu fiz. Várias pessoas que acompanham o blog, tinham pedido para eu começar o canal e eu comecei pensando em continuar já. O primeiro vídeo eu respondi a tag "100 PERGUNTAS QUE NINGUÉM FARIA" e já tem dois vídeos no canal!

Vou deixar o vídeo aqui e se inscrevam, deem like e compartilhem com os amigos para ajudar.


Acessem o canal para ver o outro vídeo e também para se inscrever em?? Clica aqui para ajudar.

E sim, o nome do canal é Papeando com a Bea. Em breve vai rolar algumas mudanças aqui também, mas isso é mais pra frente... Vou atualizando vocês.

Ah e o outro vídeo que eu fiz, é sobre FUNK. Vou deixar a miniatura e o link aqui também, pra vocês rirem um pouco.


Link do vídeo: aqui. (não esquece de deixar like e comentário)

Enfim gente, é isso.
Um beijo e até o próximo post.
Agora acompanhe no YouTube também ♥

Acompanhe nas redes sociais

09/11/2015

"Só tenho um coração, e quero poupá-lo para a pessoa certa." - A herdeira

Oii, olha quem apareceu.. Não é o amor da sua vida não, desculpe. (In)felizmente sou eu. Eu desapareci por tantos motivos que vou até poupar vocês, porque sempre falo que vou voltar, no fim acontece algum imprevisto e quem some? Eu. Então chega de conversa e vamos para o post, que é uma resenha de um livro que me deixou de ressaca </3

Título: A Herdeira
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 390
ISBN: 8565765652
Sinopse: skoob
Classificação: 

Imagem: Trampoline

Eadlyn a herdeira de Maxon e America uma garota que tem um irmão gêmeo, mas que por segundos, ela terá que assumir o trono do pai dela quando for sua hora. Tendo noção disso, desde novinha ela vem trabalhando nas coisas do país, vendo tudo que já passaram e como solucionar alguns dos novos problemas. 

"Há coisas sobre nós mesmo que só aprendemos quando deixamos alguém se aproximar de verdade." - Ahren (pág 141) 

Quando foi a vez de Maxon, que ainda existia as castas, houve a Seleção que foi para que ele escolhesse uma esposa e que era uma "lei", com o tempo isso foi esquecido, até porque nunca havia acontecido uma seleção onde quem escolheria alguém para casar fosse a mulher. Só que vendo o caos que o país estava mesmo com a eliminação das castas, Maxon resolveu fazer a seleção com a filha... 

Imagem: divulgação

Ela nunca pensou em casar, sempre se achou suficiente para governar um país. Não precisava de ninguém, era o que ela falava. Os pais dela teve que ter muita paciência e um dom de persuadir ela, quando Eadlyn topou foi ainda com algumas controvérsias. Ela queria que a seleção fosse apenas uma "distração" para o seu povo.

"Não sei se alguém sabe o que procura até encontrar." - Eadlyn (pág 189)

Ela tirou os 35 nomes, e o nome de uma pessoa que morava no palácio com a família dela estava lá. Uma pessoa que cresceu com ela e seus irmãos. Ficou surpresa e indignada também.

Ao decorrer da seleção, dá para perceber que ela vai se entregando aos poucos... Demora muito para baixar a guarda, mas aos poucos os selecionados vão descobrindo a verdadeira princesa que ela é. E conforme vai passando o tempo, vão acontecendo os encontros, os beijos surpresas, as expulsões de alguns (vários) selecionados, brigas.. Entre várias coisas que não vou falar aqui, porque se não é spoiler. 

"Por isso o amor era uma ideia terrível: ele enfraquecia as pessoas." - Eadlyn (pág 313)

Enfim, eu gostei bastante, não vejo a hora de chegar o último livro.. Quero o filme logo! Quero ler os contos também.

Foi isso gente. Alguém ai já leu esse livro ou tem vontade de ler?
Um super beijo e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

03/10/2015

Li até a página 100 e... #18

Oiii gente, tudo bem com vocês?? Eu estava aqui tentando me distrair, pois amanhã tenho vestibular e o que eu comecei a fazer? Ler! O livro da vez é A herdeira, o quarto livro da serie A seleção que eu me apaixonei no fim do ano passado. E como é de lei, toda vez que chego na página 100 eu conto aqui respondendo algumas perguntas. Vamos lá?


1. Primeira frase da página.
"Ele inclinou a cabeça e se apresentou."

2. Do que se trata o livro?
É a continuação de uma serie, da Kiera Cass. Sobre reino, sociedade indignada com a situação do país e uma princesa que não quer se casar.

3. O que está achando até agora?
Maravilhoso!! Os três primeiros livros foram demais, mas como nesse a seleção acontece com uma garota e trinta e cinco garotos, é totalmente diferente e mais engraçado.

4. O que está achando da protagonista?
Ela me irrita! Mimada demais, porém ela tem um lado feminista (acreditam?) mas ela acha que só acontece coisa ruim com ela e só pensa em si.. Isso acaba desencantando.

5. Melhor quote.
"Não sei ao certo se acredito em destino. Mas posso dizer que às vezes aquilo que você mais deseja vai cruzar sua porta determinado a te evitar a qualquer custo. E, ainda assim, de algum jeito, você descobre que é suficiente para fazê-lo ficar." - Maxon (pág 63)

6. Vai continuar lendo?
Com certeza! Preciso saber se Eadlyn vai se apaixonar ou não!

7. Última frase da página.
"Fiz um sinal de joia para ele, que sorriu aliviado e levou a mão ao peito."


E ai, alguém já leu esse livro?? Gostaram? Eu to amando e logo, logo tem resenha aqui.

Um beijo, e até o próximo post.
Acompanhe nas redes sociais

29/09/2015

Fechada para balanço.


Lembra do dia que eu jurei para mim mesma que não iria mais me apegar? Você estava tentando fazer com que eu desfizesse esse pensamento, no momento eu resisti e nas duas semanas seguintes também. Mas você foi me conquistando, ganhando espaço, liberdade... E eu fui cedendo, mesmo não querendo. Não querendo, que engraçado dizer isso quando tudo que eu queria era poder ter você comigo a todo e qualquer momento. Não foi exatamente isso que aconteceu... Só para variar um pouquinho.

Você insistiu para que eu deixasse essa mania de me esconder do mundo, de fechar o coração para balanço, mas de repente a pessoa que me induziu a fazer isso estava provando que era melhor que ter virado as costas e continuado com o meu pensamento de trancar o coração. Ao mesmo tempo em que me fazia bem, você me fazia mal. Ao mesmo tempo em que eu estava feliz de conversar com você, estava pensando que nunca foi só eu e nem seria. Foram tantas coisas, que hoje eu olho e penso “podia ter dado certo, mas novamente, não foi dessa vez”.

A gente precisa parar de pensar em como teria sido e arriscar para ter a prova real. Me arrependo de ter ficado esperando aquela atitude nunca tomada, aquele abraço nunca dado e aquele beijo nunca roubado. Me arrependo de ter te chamado para sair com os amigos, quando na verdade queria sair apenas contigo. Mas se eu não tentasse, estaríamos na mesma até hoje ou não.


Creio que foi melhor assim, cada um para o seu lado.... Se você apareceu na minha vida, tem algum motivo e algum dia irei saber, até porque ninguém aparece na vida de outra pessoa sem um propósito. Pode ser que no futuro a gente se esbarra numa dessas voltas que o mundão dá. Enquanto isso, deixo o meu mais sincero abraço e um boa sorte na vida, pois ela segue e as pessoas que conhecemos, vão ficando em algum pedaço dela.




Escrito por:
Beatriz França.
*******************************************************************************************************************************

Um beijo, e até o próximo post/desabafo.

Acompanhe nas redes sociais

01/09/2015

"Sabemos quem somos, mas ignoramos quem podemos nos tornar." - Vidas trocadas

Oiii gente, eu finalmente reapareci e dessa vez é com resenha, aquela que eu prometi.. A primeira dos livros da maratona. Esse livro eu peguei emprestado com a minha amiga e já foi citado na categoria "li até a página 100", agora nada mais justo que resenhar né?? Eu não sabia da existência desse livro e nem da autora, até minha amiga me indicar. Bom, vamos lá?

Título: Vidas Trocadas
Autora: Katie Dale
Editora: Benvirá
Páginas: 408
ISBN: 8582400136
Sinopse: skoob
Classificação: 


Trudie uma mulher não tão jovem, que morava na Inglaterra engravida e sua gravidez é de alto risco por conta de sua idade. No dia em que teve Rosie, seu marido sofreu um acidente e infelizmente não resiste. Ela estava frágil com tudo isso, e não poderia ficar sabendo que sua pequena filha havia nascido com dificuldade e Sarah (enfermeira e sua amiga de anos e anos) não disse isso a ela.

"Eu a perdi e ela nem mesmo era minha."

No mesmo dia havia nascido a filha de Kitty que tinha o sonho de ser uma grande atriz, ela não queria nem saber da filha, então liga para o "pai" do bebê que ela havia dado à luz e pede para ele ir para lá. Eles colocam o nome da filha como Holly Woods (acho que foi para idealizar o seu sonho de ser uma grande atriz).

"E quem se importa? E com o quê? Os opostos se atraem, afinal."

Os anos se passaram, Kitty tornou-se uma grande atriz, Jack (o pai de Holly) se mudou para a Nova Inglaterra nos Estados Unidos, Trudie e Rosie continuaram na Inglaterra, mas Trudie descobre que é portadora da doença de Huntington e isso vai enfraquecendo ela cada dia mais. Como quase ninguém conhece essa doença a chamavam de "bêbada" e vários outros apelidos, Rosie não tinha coragem de contar a ninguém o que sua mãe tinha.

Foi ela que cuidou de Trudie até seus últimos momentos de vida... Assim que sua mãe faleceu, Rosie se afastou de todos (até do namorado gato, que queria viajar o mundo com ela) só não se afastou de Sarah (que já era da família) e de Nana (sua avó). Como ela viu sua mãe morrer por causa dessa doença, resolveu fazer o teste já que sabia que a doença era genética. Sarah ao saber disso, fez uma revelação que mudou todo o contexto da história.


De repente, Rosie estava nos Estados Unidos, conheceu Kitty e Jack, mudou a vida dessas pessoas.. Com elas mais pessoas na bagagem. Jack não havia se casado com Kitty, formou outra família mas Holly ainda estava entre eles. Ela invadiu a vida da família Woods, bem no dia de seu aniversário (e do aniversário de Holly).

Holly e Rosie, não se entendem muito bem.. Rosie até tenta, mas Holly acha que ela jogou uma bomba em sua vida e que destruiu e tirou tudo que ela tinha. Acabou drasticamente com sua vida maravilhosa!

"E mais uma vez, a culpa é toda minha."

Nesse meio tempo, tudo acabou.. Rosie que havia voltado com o namorado Andy, terminaram e voltaram novamente umas três vezes, Jack e Rosie foram enganados por Kitty, Holly terminou com o namorado e voltou também, e a vida da família Woods continuou bagunçada.. Porém Rosie, já fazia parte dessa família cada dia mais.

*******************************************************************************************************************************

É isso gente, não da para falar muita coisa do livro se não sai spoiller.
Ah, sei também que Agosto quase não teve post (teve apenas um) mas eu tentarei compensar esse mês.
Me contem nos comentários se já leram ou tem vontade de ler esse livro.

Um beijo, e até o próximo post.


Acompanhe nas redes sociais

05/08/2015

Agosto: Novo mês, novas metas.

Oii gente, tudo bem?? Hoje eu estou aqui para me explicar com vocês e falar o que pode acontecer ainda esse mês que mal começou. Geralmente eu tomo chá de sumiço e nem me explico antes, só depois.. Então achando que merecem uma explicação, eu vim falar e espero que me compreendam.

(Imagem: tumblr)

Assim que entrei de férias, jurei que tudo iria voltar ao normal. Bia o que seria voltar ao normal? Para quem não sabe, estou sem notebook faz um bom tempo já, mas achei que isso se resolveria nesse mês de férias, mas foi totalmente o contrário que aconteceu e sem notebook não rola post, porque não tenho um celular bom para ficar fazendo post e meu irmão usava o dele diariamente, eram raras as vezes que eu conseguia uma brecha para usar o computador dele.

E logo no início das férias eu fiquei doente também, quando eu pensei que estava melhorando eu piorava e tinha que ir para o hospital ou ficar o dia todo deitada na cama morrendo de dores. Ai juntou tudo, sem computador e doente, impossível até de pensar. Eis que me surge a brilhante ideia e convite de ir para Minas Gerais, como todas as férias eu vou para lá essa não podia ser diferente (apesar de eu ter várias metas para cumprir nesse período, adivinhem?? Não rolou também.)

(Imagem: tumblr)

Fui para MG e lá fiquei duas semanas, mas as leituras continuaram e então a promessa de que iria ter várias resenhas, se mantém forte. Eu só preciso passar para o blog, porque tá no caderno.. Então acalmem os corações que eu vou cumprir o que falei (pelo menos isso, né.)

Também estou com a cobrança de estudar para o vestibular, e com isso eu só vou tirar um dia para arrumar as coisas do blog. Prevejo que seja toda quarta, deixarei posts programados e nesse dia irei publicar os comentários, respondê-los, retribuir visita e fazer mais post. Então na minha cabeça, tá tudo organizado, basta colocar em prática.

Enfim.. Estou com várias ideias, mas para essas ideias entrarem em prática eu preciso do meu próprio computador (espero que não demore muito para comprar outro) e assim que passar essa onda de vestibular, irei me dedicar mais aqui.

Um beijo, e mil desculpas.

Acompanhe nas redes sociais

08/07/2015

Carta de amor aos amigos ♥

Oioi gente, tudo bem? Bom hoje eu to aqui seguindo um tema sugerido pelo Rotaroots (ava Bia, você só faz post com tema de lá.) Não é isso, é que eu ando sem inspiração e também sem notebook, ou seja, to usando do meu irmão para não abandonar vocês. A sugestão deles é ABRA O CORAÇÃO PARA OS AMIGOS FOFAAA! (não exatamente assim.) Então, continue lendo o post, porque vai ser de chorar (de emoção ou de rir, não sei bem.)


Ei, amigo.. É você mesmo. Não vou citar seu nome, se você ta lendo, sabe que é para você né? Bom, queria te agradecer por me aturar por tanto tempo (pode ser semanas, meses ou anos, é tempo.) Não importa como, nem onde nos conhecemos... O que realmente importa, é que temos uma bela amizade, não?!

Sabe.. Eu to aqui digitando, sem saber exatamente pra quem escrever, são para tantas pessoas que queria encaminhar esse post. Esse post não, essa carta online no meu humilde blog. Vamos fazer assim, você sabe que eu sou confusa né, um pouco lenta também, até porque o drama, confusão e lerdeza não saem do meu lado. E eu como uma pessoa "pouco" sociável tenho uma lista enorme de quem pode ser o amigo misterioso da carta, mas não deixarei tão óbvio, pois repito, eu sou CONFUSA então farei de tudo para te confundir também.

Vamos lá...


A gente deve ter se conhecido em algum lugar chato (escola por exemplo), em alguma viagem que eu fiz (Minas, talvez?) ou em uma das redes sociais, já que sou viciada. Como aconteceu isso? Você vai respondendo ao longo da leitura... E também nem importa muito né? Fomos conhecendo os defeitos uns dos outros, qualidades, gostos em comum e alguns nada a vê.

Deixei no vácuo no WhatsApp porque dormi ou no Facebook porque o ícone apareceu no celular, mas eu também dormi e no dia seguinte tinha sumido. Ou foi eu que sumi?? Não sei bem, responde essa também. Eu tenho mania de contrariar, irritar, quase falar coisas daquela festa que não era pra ninguém da sala saber ou daquele passeio do ano passado que os professores nos zoam, aquela foto que todo mundo comentou falando que apoiava a gente, de quando contrariei sua apresentação da igreja, acabei talaricando duas vezes sem querer você nas nossas viagens (juro, não foi minha culpa.. foi culpa da minha curiosidade, por causa da cantada e a outra eu tive culpa, mas foi confuso, é confuso), quando chamei seu crush de priminho (agora tá fácil) ou talvez eu tenha alguma mania especial com você. Selecione uma dessas minhas manias com você..

Não tenho só um tipo de amigo.. Sabe disso né? Você é totalmente o oposto daquela amiga que eu amo ou daquele amigo que eu tenho uma paixãozinha (você sabe quem é, não?) Escandalosa as vezes, quieta demais, engraçadinho, piadista ou até mesmo grosseira.. Apesar, que isso nós somos né? Não sei bem como nos aguentamos, apesar que nos vemos poucas vezes no ano ou todo dia? Responde aí. Talvez eu nunca tenha te visto, até porque, as redes sociais da vida e a distância não devem tá ajudando.

Eu tava aqui lembrando de cada conversa, cada dia que eu passei pensando em como seria legal conviver mais contigo, poder te ver mais ou apenas ter o poder de te diminuir e trazer pra minha casa, guardar só pra mim (um pensamento meio egoísta, não?) Mas sabe o que eu quero dizer? Que talvez, nós nunca tenhamos de fato conversado, sabe.. Uma conversa produtiva. Talvez só o básico, e eu te considere meu amigo. Tenho essa mania.. (Falei mais das minhas manias, do que da nossa amizade, tenho que parar com isso.)


Mas me diz que apesar de tudo que aconteceu, acontece ou pode acontecer vai passar e que vai voltar ao normal? Que mesmo depois do meu ataque de ciúme, você vai me mandar mensagem dizendo que eu sou sua amiga, apesar da cena vergonhosa? Que mesmo quase estragando seu rolo com aquela foto, vai continuar falando comigo? Me diz também, que vamos pro mc donalds mesmo você não gostando tanto, é que to com aquela vontade miga. Diz que mesmo achando que a panqueca não fez bem, vai comer de novo na próxima viagem? Fala também que não liga se eu durmo e te deixo no vácuo, mesmo achando isso o cúmulo e ficando bravo? E diz que mesmo a gente terminando o ensino médio esse ano, nossa amizade vai além dos muros da escola, mesmo que não aconteça?

Fala só uma coisinha dessas só para me confortar ou não fala nada... Só continua, continua existindo na minha vida, alegrando meus dias que eu prometo mudar alguma das minhas manias que te irritam bravamente, só não me pede para te deixar em paz, porque amigo é para isso. Irritar e abraçar ao mesmo tempo. Quero te encontrar, todo dia, todo mês ou uma vez ao ano para nos sentarmos naquela praça, naquele pátio ou no banquinho do shopping para contar as histórias de nossas vidas, ok?

Se esqueça do que quiser de como nos conhecemos, dessa carta online ou dos micos que passamos só não esquece de que aqui tem uma amiga a disposição sempre!

Um beijo.

*************

Essa carta, não tem um remetente certo, então leia, se delicie e quem sabe você não é o remetente dessa carta? 
Um beijão e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

01/07/2015

Maratona Literária de Inverno 2015

Oioi gente, tudo bem? Bom, o post de hoje é meio diferente... É para falar que euzinha aqui, vou participar da MLI (Maratona Literária de Inverno) e eu não sei como vou arranjar tempo, já que eu quero fazer tudo -sim, eu sou dessas.


Mas Bia, o que é essa maratona de inverno? Você vai correr lendo??

Não gente, não vou correr. Até porque se envolve exercício físico, eu to fora! Mas vamos lá.. Maratona de inverno é para nós, amantes da leitura, lermos o maior número de livros. Uma leitura intensa, durante 1 mês. Vocês entenderam?? É por UM MÊS!!! Ou seja, vai ter resenha pra CARAMBAAAA (já que não posso falar palavrão, insira o palavrão que você imaginou no lugar do caramba.)

E quando vai começar essa leitura intensa Bia?
Começa dia 6 desse mês e vai até dia 3 de Agosto. Quem quiser participar, corre que dá para se inscrever até dia 3 agora, clicando aqui.

Ao longo da maratona vai rolar interação no evento da maratona no facebook (confirme sua presença), no Twitter e YouTube. Aliás, a maratona foi criada pelo Geek Freak, então vejam o vídeo dele, porque ele explica melhor que eu (até porque ele é o criador)

Quando for montar a TBR (to-be-read/livros a serem lidos) nós leitores, somos livres para escolhermos os livros que quisermos. Só que para ficar legal, tem as semanas temáticas:

• Semana 1: Fantasias, Distopias e/ou Ficção Científica
• Semana 2: Thriller, Suspense e/ou Terror
• Semana 3: YA Contemporâneo, Romance e/ou Drama
• Semana 4: Livros Nacionais


E também tem os desafios que vai contar para sorteio (isso mesmo, SORTEIOOO)

• Um livro com figuras ou ilustrações
• Comece e/ou termine uma série, trilogia ou duologia
• Um livro que alguém escolheu por você

• Um livro que já virou ou vai virar uma adaptação cinematográfica
• Um livro com a capa azul
• Um livro do gênero que você menos leu ano passado
• Um livro que você ganhou
• Um livro com mais de 400 páginas


Eu já fiz minha TBR, vamos ver??



* Geek Love - Eric Smith
* O teste - Joelle Charbonneau
* Estudo Independente - Joelle Charbonneau
* Chama Negra - Alyson Noël
* Estrela da noite - Alyson Noël
* Infinito - Alyson Noël
* Morro dos ventos uivantes - Emily Brontë
* A evolução de Calpúrnia Tate - Kelly
* Uma prova de amor - Emily Giffin
* Um homem de sorte - Nicholas Sparks
* Vidas trocadas - Kate Dale

p.s.1: Pode ser que eu coloque mais livros ou tire algum desses, mas quero manter esses ou adicionar, tirar não! 
p.s.2: Esqueci de colocar o livro nacional, mas depois eu escolho um e edito o post.
p.s.3: Os temas dos desafios que estão em negrito, são os que eu vou participar.

Enfim, acho que é isso. Me desejem sorte e dedicação.
Quem for participar, comenta também.. E vamos lá.
Vocês se arriscariam em participar de uma maratona literária?
Me contem nos comentários.

Beijos, e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

28/06/2015

Aprendi com relacionamentos ♥

Oiii gente, tudo bom?? O post de hoje é um tema sugerido pelo Rotaroots, que ta ajudando a manter o blog! Como eu disse nos últimos posts, eu to com uns probleminhas mas logo, logo espero que tudo esteja nos conformes. Fora isso, vamos ao assunto do post de hoje que é amorzinho ou ex amorzinho. Vamos ver o que aprendi com relacionamentos??


Eu não tive muitos relacionamentos, até porque só tenho 16 anos, tive apenas um namorado e uns dois ficantes serio.. Então, acho que não aprendi muita coisa.

1. Xô ciúme! (ou melhor, pausa no ciúme)

Se tem uma coisa que eu não consigo controlar, é o meu ciúme.. Serio! Eu sou muito ciumenta, eu tento não demonstrar, mas quando não demonstramos apenas guardamos, é pior para nós mesmos. Nos faz mal por dentro. Então, foi preciso eu aprender a controlar e não ficar com ciúme de qualquer coisa.. E pelo fato do meu único namoro ter meio que acabado por causa de ciúme, acho que preciso melhorar e muito isso em mim, na verdade nem foi por ciúme e sim falta de confiança (que vou falar em seguida) Ok que ainda é meio complicado, mas a gente vai aperfeiçoando isso conforme os dias vão passando.

2. Confiar, é a base.

Se não tem confiança, não tem relacionamento que dure. Então, precisamos confiar na pessoa para ficar junto... Como meu pai sempre me diz, a confiança é algo que se conquista e não que se ganha, uma vez perdida jamais voltará ao normal.

3. Tem que ter tempo para os migos.

Dizem que quando arranjamos alguém, esquecemos das amizades e não posso dizer que é 100% verdade e nem mentira, mas acontece de deixar os amigos meio de lado mesmo.. O fim de semana que era para sair com a amiga agora é para sair com o boy. Comigo não era assim, se eu tinha marcado algo com a minha amiga iria manter, até porque depois acaba o rolo e quem ta ali? A minha amiga. Então eu deixava sempre claro, meus amigos e família sempre primeiro que você, querido!!

4. Não leve tudo a serio...

Ter momentos sérios é fundamental, mas sempre não né? Se for assim, vai se torna uma coisa monótona.. Saiba brincar e levar brincadeiras também né. A base de um relacionamento, é o bom humor.

5. Xô rotina!

Quer manter um bom relacionamento? Não deixe a rotina tomar conta.. Tem que sempre fazer algumas coisas diferentes, para sair da mesmice. Eu já detesto rotina na minha vida normal, pensa com alguém, jamais!!


6. Pediu para mudar seu jeito, suas amizades... Cai fora!

Se não for para mudar por você, não mude por ninguém! Babaquice mudar companhia e seu jeito de ser por alguém. Há coisas que pode até ser mudada, mas tem umas que são doideira.

7. Nem sempre os opostos se atraem.

Conheci um boy que era totalmente o meu oposto, e não deu certo! Não adianta, tem que ter algo em comum.. Algum filme, comida, serie, musica, alguma coisa em comum se não (uma triste realidade) não vai dar certo. É legal tentar, para ver se rola e tal, mas tem que ter pelo menos UMA coisa em comum né galera??

8. Mela mela não cola comigo.

Sabe aqueles casais cheio de coisas grudentas, de muito mela mela... SAI DE PERTO DE MIM, NÃO GOSTO, NÃO QUERO PRA MIM. Serio gente, não cola. Gosto de gente que me faça rir e não que me dê diabetes, ok que uma fofura no meio do dia por mensagem ÀS VEZES não faz mal.. Mas SEMPRE não!!

9. Contrariar é legal, mas toda hora, desgasta.

Tenho mania de contrariar tudo e todos! Faço mais para pirraçar as pessoas, só que algumas vezes contrario porque acho que vale realmente a pena. Na maioria do meu tempo, é para pirraçar e isso acaba fazendo com que a pessoa que está contigo vá perdendo o encanto, NÃO TO FALANDO QUE É PARA ABAIXAR A CABEÇA E DIZER AMÉM PARA TUDO, só não precisa contrariar toda hora.

10. Faça do seu namorado, seu amigo.

Sempre bom ter com quem contar, com quem conversar e se é seu companheiro, é melhor ainda. Além de namorado, ter um amigo é um presente em dobro. Então não tente poupar ele de momentos com seus amigos e de conhecer seu lado amiga, aposto que os dois vão sair ganhando em quesito amizade!


E ai, o que vocês aprenderam com relacionamentos?
Eu com meus poucos relacionamentos, posso ter aprendido algo errado rs..
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

22/06/2015

Receita de festa junina: uma das melhores épocas do ano ♥

Oi gente, hoje eu venho falar de algo que eu amo: COMIDA E FESTA JUNINA então, eu vou passar uma receitinha bem de festa junina mesmo, o que eu vou passar é algo que não pode faltar em nenhuma festa junina, espero que concordem comigo.

Receitinha de festa junina

Curau ♥ (eu amoooooo curau)


(tudo gostoso)

INGREDIENTES


  • 4 espigas de milho verde
  • 1 xícara e 1/2 de leite
  • 1 vidro de leite de coco
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher de margarina
  • 1 pitada de sal
  • Canela em pó para polvilhar

MODO DE PREPARO
  1. Retire os grãos do milho com uma faca
  2. Bata no liquidificador com o leite e o leite de coco
  3. Passe para uma panela e misture os demais ingredientes menos a canela
  4. Leve ao fogo até engrossar mexendo sempre passe para uma travessa ou tacinhas e polvilhe a canela em pó
  5. Se quiser pode peneirar acho mais gostoso sem peneirar
(Imagem: 40forever)

Vocês estão indo em festas juninas? Quermesses? Arraiás das escolas?
Me contem se estão indo e o que está tendo de gostoso, rs.
Beijos e até o próximo post.
Acompanhe nas redes sociais

20/06/2015

Li até a página 100 e... #17

Oiii gente, quanto tempo! Estava morrendo de saudades de vocês.. Aconteceram algumas coisas, alguns imprevistos e agora eu voltei (não prometo nada de post todo dia, porque ando desanimada, então me mandem boas vibrações) mas fora isso, eu venho atualizar minha categoria principal *-*. O livro da vez é Vidas Trocadas da amada Kate Dale, e é um livro que eu peguei emprestado com a minha amiga, vamos ver o que to achando???


1. Primeira frase da página.
"Muito obrigada por terem vindo!"

2. Do que se trata o livro?
Trata-se de uma adolescente que ajuda a cuidar de sua "mãe" que é diagnosticada com a doença de Huntington e assim que ela falece, descobre que tudo que viveu até então foi uma mentira e vai em busca de sua verdadeira história.

3. O que está achando até agora?
Muito bom! Não estava dando nada para esse livro, porque não conhecia a autora e nem a editora, mas ambos estão me surpreendendo.

4. O que está achando da protagonista?
Eu até que gosto dela, mas a forma que ela esconde as coisas, acaba me irritando!

5. Melhor quote.
"Eu a perdi, e ela nem mesmo era minha."

6. Vai continuar lendo?
Com certeza! Preciso descobrir a verdadeira história da Rosie.

7. Última frase da página.
"Fecho os olhos, e as lágrimas escorrem sem parar até a garganta arder."

É isso gente, amei matar a saudade de vocês e vou deixar post programado para não ficar na mão com vocês.
Já leram esse livro? Ouviram falar? Me contem nos comentários!
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

18/05/2015

Look do dia: estilo gótica meiga

Oi gente, como vocês estão??? Eu estou ótima, ontem fotografei look do dia, acreditam? Faz tempo que não faço isso em. Sou péssima em dar nomes para essas coisas, mas falaram que eu tava meio gótica só que meiga.. Entendem? Nem eu. Mas é o nome, e vamos ver no que deu?













Saia: Top Fashion
Camisa: Presente
Coturno: American shoes
Meia-fina: Trifil

E foi isso, queria agradecer a minha prima que deu uma de fotógrafa que foi o que salvou a noite.. E fim. Eu me diverti, gostei do meu look foi confortável e não é a primeira vez que faço esse look, várias pessoas gostaram. 

Então gente é isso, e aí, gostaram??
Me falem nos comentários.
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

16/05/2015

5 coisas que eu já quis ser.

Oi gente, tudo bom?? To com ausência de post, ando desanimada, doente, triste e abalada (nossa que depressão isso) mas vim atrás de vocês, que é o que me anima. Então, resolvi falar de mais um tema proposto pelo rotaroots. Vamos lá??

(Imagem: worder ful world)

1. Bailarina
Qual garota nunca quis ser bailarina?? Meu sonho, até hoje. Serio! Eu cheguei a fazer um ano de ballet, fiz apresentações, minha mãe corria atrás das coisas comigo e tudo mais. Era um sonho, ganhei grandes amigas e experiências para a vida toda, que eu jamais vou esquecer, mas por coisas da vida infelizmente não deu para seguir e hoje, com a minha idade já não da mais para começar uma "carreira".

2. Professora
Fala serio né, toda criança brinca de escolinha quando é menor e fica dando aula, sonha em ser igual aqueles lindos que nos ensinam no primário. São uns grandes corajosos, porque cresci e vi que dar aula não é o paraíso que era nas minhas brincadeiras. É outra vibe, outro ritmo, outra burocracia. Mas dizem, que eu tenho jeito só que eu não tenho paciência... Então, foi só mais um sonho.

3. Chefe de cozinha de um restaurante top.
Nas minhas brincadeiras quando criança, eu tinha um restaurante chamado La França e eu era a chefe de cozinha, claro que lá era fácil tomar conta. Tudo invisível! Mas agora, na vida real, eu não sei nem fazer arroz... Como eu queria ser chefe de cozinha?? Eu detesto ir para cozinha, gosto só de fazer doce.. Essas coisas gordas. Mas chefe de cozinha????? Beatriz, sonhe com os pés no chão.

4. Advogada
Teve uma época da minha vida que eu decidi que iria ser advogada. Era meu sonho, era o que eu queria e tava decidido. Vou ser e já era. Só que não, passou. Ainda bem, fui ver as matérias desse curso e não rola, serio. São coisas que não entra na minha cabeça.. 

5. Jornalista
Esse é o sonho que eu quero (e vou) realizar. É minha meta para esse ano, minha meta de vida é realizar esse sonho e orgulhar meus pais ao menos uma vez na vida né? rs. É uma coisa que surgiu do nada (e com tudo) e que eu estou determinada até agora a fazer isso e ser a profissão da minha vida, mas vai que eu mudo. 

Vocês já quiseram ser algo que eu citei? Sim? Não? Me digam nos comentários.
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais