18/05/2015

Look do dia: estilo gótica meiga

Oi gente, como vocês estão??? Eu estou ótima, ontem fotografei look do dia, acreditam? Faz tempo que não faço isso em. Sou péssima em dar nomes para essas coisas, mas falaram que eu tava meio gótica só que meiga.. Entendem? Nem eu. Mas é o nome, e vamos ver no que deu?













Saia: Top Fashion
Camisa: Presente
Coturno: American shoes
Meia-fina: Trifil

E foi isso, queria agradecer a minha prima que deu uma de fotógrafa que foi o que salvou a noite.. E fim. Eu me diverti, gostei do meu look foi confortável e não é a primeira vez que faço esse look, várias pessoas gostaram. 

Então gente é isso, e aí, gostaram??
Me falem nos comentários.
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

16/05/2015

5 coisas que eu já quis ser.

Oi gente, tudo bom?? To com ausência de post, ando desanimada, doente, triste e abalada (nossa que depressão isso) mas vim atrás de vocês, que é o que me anima. Então, resolvi falar de mais um tema proposto pelo rotaroots. Vamos lá??

(Imagem: worder ful world)

1. Bailarina
Qual garota nunca quis ser bailarina?? Meu sonho, até hoje. Serio! Eu cheguei a fazer um ano de ballet, fiz apresentações, minha mãe corria atrás das coisas comigo e tudo mais. Era um sonho, ganhei grandes amigas e experiências para a vida toda, que eu jamais vou esquecer, mas por coisas da vida infelizmente não deu para seguir e hoje, com a minha idade já não da mais para começar uma "carreira".

2. Professora
Fala serio né, toda criança brinca de escolinha quando é menor e fica dando aula, sonha em ser igual aqueles lindos que nos ensinam no primário. São uns grandes corajosos, porque cresci e vi que dar aula não é o paraíso que era nas minhas brincadeiras. É outra vibe, outro ritmo, outra burocracia. Mas dizem, que eu tenho jeito só que eu não tenho paciência... Então, foi só mais um sonho.

3. Chefe de cozinha de um restaurante top.
Nas minhas brincadeiras quando criança, eu tinha um restaurante chamado La França e eu era a chefe de cozinha, claro que lá era fácil tomar conta. Tudo invisível! Mas agora, na vida real, eu não sei nem fazer arroz... Como eu queria ser chefe de cozinha?? Eu detesto ir para cozinha, gosto só de fazer doce.. Essas coisas gordas. Mas chefe de cozinha????? Beatriz, sonhe com os pés no chão.

4. Advogada
Teve uma época da minha vida que eu decidi que iria ser advogada. Era meu sonho, era o que eu queria e tava decidido. Vou ser e já era. Só que não, passou. Ainda bem, fui ver as matérias desse curso e não rola, serio. São coisas que não entra na minha cabeça.. 

5. Jornalista
Esse é o sonho que eu quero (e vou) realizar. É minha meta para esse ano, minha meta de vida é realizar esse sonho e orgulhar meus pais ao menos uma vez na vida né? rs. É uma coisa que surgiu do nada (e com tudo) e que eu estou determinada até agora a fazer isso e ser a profissão da minha vida, mas vai que eu mudo. 

Vocês já quiseram ser algo que eu citei? Sim? Não? Me digam nos comentários.
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

06/05/2015

Afinal, o que é o amor?

Oi gente, tudo bem?? O post de hoje era pra ser do 6 on 6, mas com problemas de edição entendam o post de hoje: esse mês eu entrei no grupo de blogagem coletiva o rotaroots, que funciona com 4 temas por mês (pelo que eu entendi) e o tema desse post, sugerido pelo grupo, é para falar sobre "o que é o amor" e eu adoro falar sobre esse assunto.

Vamos lá??

(imagem: Rádio pirapora)

Acho que a melhor música para descrever esse assunto seria "porque eu sei que é amor.. eu não peço nada em troca. porque eu sei que é amor... eu não peço nenhuma prova." Mas na verdade, eu não sei o que é amor.. Talvez eu até saiba, mas não tenha entendido ou compreendido (o que da no mesmo, ou não?)

Amor... Ah, que complicação, não?! Tem amor de pai, mãe, irmão, vó, vô, tio, tia, prima, cachorro, papagaio e namorado. Por que o namorado no último? Não sei também, talvez seja porque eu não tenha encontrado o amor da minha vida ou descoberto se existe amor nessa idade. Na realidade, eu acho que amor mesmo, só se tem de pai e mãe, das pessoas que ficam com você todos os dias e aqueles que te encontra às vezes, é raro ser um AMOR talvez uma paixão.

"O que eu sinto por você resume em três palavras: amor, amor, amor e mais nada." - Maria Cecília e Rodolfo

Mas sabe o que é? Não tem explicação! O amor é algo inexplicável, é algo que não tem como entender sem tê-lo e não tem como explicar sem sentir, confuso, não?

(Imagem:Love blog)

Só que tem vários tipos de amor: amor de família, amor próprio, amor material, amor por um bichinho de estimação e amor por uma pessoa do sexo oposto (ou não). Cada amor tem seu grade de intensidade, cada pessoa sente e demonstra de um jeito.

"Mesmo que você, não esteja aqui.. O amor está aqui, agora." - Titãs

Tem aquela pessoa que faz textos, posta fotos, faz demonstrações de carinho lindas.. Mas tem aquelas que são mais discretas, mais na delas só que não é por ter essa diferença, que não sentem o amor. Sabe que uma vez, eu ouvi em algum lugar uma frase mais ou menos assim: "o amor é uma dança, primeiro você aprende a dançá-lo sozinho e para depois acompanhar alguém" e é a realidade. Nós temos que nos amar, reconhecer que somos capazes disso e amar as pessoas do nosso lar, para depois pensar em amar alguém "desconhecido"

(Imagem: gartic)

Então o amor, nada mais é que uma aventura. Um pulo no paraíso, que sabendo usá-lo ele será recompensado, sabendo a quem entregar ele irá ser retribuído. Porque não tem coisa melhor que amar e ser amado.

Para vocês, o que é amor? Me conta nos comentários.
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

03/05/2015

4 coisas que o blog: me ensinou e me ajudou.

Oi gente, tudo bem? Eu estou ótima! O post de hoje é voltado para o que mudou na minha vida depois do blog, o que ele me ensinou e me ajudou. Também é um post para inscrição do concurso do blog Fala, Dantas e saibam que eu vou precisar da ajuda de vocês (já falo logo rs)


1. Partiu ser descarada (no bom sentido).
Podem achar que eu to doida, que eu to fazendo drama ou querendo chamar atenção. Mas acreditem, eu morro de vergonha.. De escrever, de falar em público, de saber que tem gente lendo o que eu escrevo. Enfim, eu morria de vergonha de tudo isso, mas com o blog isso diminuiu. Não posso falar que zerou, porque sempre que me falam "vi tal coisa no teu blog" "adorei aquele post, você deveria se dedicar apenas para isso." eu fico vermelha, começo a rir sem parar e não sei o que falar. Mas juro, que antes era pior. Eu ficava sem nenhuma reação, nenhuma expressão, não fazia NADA. Vocês tem noção??

2. Estabelecendo metas, realizando sonhos.
Com o blog, eu tinha que manter o foco e metas! Metas é o necessário para alguém que quer chegar à algum lugar, e eu realmente só fui entender isso quando comecei a blogar. Vi que não era fácil e comecei com isso, e não é que trouxe isso para minha vida? Serio, pode perguntar para qualquer pessoa que convive comigo todos os dias. Eu tenho várias listas, com metas, tarefas, lembretes.. TUDO eu anoto e tento ir até onde anotei, às vezes até ultrapasso. Ou seja, minhas metas estão dando certo e que sonhar é arte, realizar faz parte! Então se sonhamos e estabelecemos metas, se realiza.

3. Amizades do core ♥
Fiz amizades, muitas amizades. Serio! Eu acho que foi o meio mais lindo de se fazer amizade. Eu conheci a Mabel, a Jô, Mari Soek, Gabi Amorim, Nayara, Bela Alves e mais um tanto de blogueira maravilhosa.. E eu considero amigas, me consideram amiga. Acho que é a melhor parte do blog, fazer amizades. Se você tem amizades do ramo que você gosta, é meio passo para ter amor pelo que vai fazer. Pelo menos para mim, é assim, porque eu preciso ter alguém para falar da mesma coisa que eu e que entenda o que eu falo.

4. Explorar minha criatividade e paciência.
Quando digo explorar criatividade falo mais do que fotos, falo do conteúdo. Sabe aquele conteúdo que todo mundo postou e você ficou por último, mas quer postar mesmo assim? Tem que ser de forma diferente, inovadora. Então você tem que explorar sua criatividade, e eu tenho visto no meu dia-a-dia como isso mudou. Eu ando vendo as coisas de forma diferente e com isso eu tive que aumentar minha paciência. MAS BIA? COMO ASSIM EXPLORAR A PACIÊNCIA? QUE SEM NOÇÃO VOCÊ! Gente eu to falando de ter paciência com internet lenta, com comentários maldosos, "críticas" nada construtiva, pessoas que comentam "adorei o post, segue? sdv" sem nem ter lido o título do post. Então eu precisei de paciência (e adicionar a moderação de comentários, para excluir essas coisas antes de publicar) e não é que to sabendo lidar bem com isso??

E vocês blogueiras (ou não) se identificaram com algo que eu citei? Já aconteceu algo relacionado com algum desses itens na sua vida? Me contem nos comentários ♥
Beijos e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais

01/05/2015

Bea na cozinha #3

Oii gente, como vocês estão? Eu estou ótima e vocês devem imaginar o porquê, só de ver o nome do post. Se tem bolo, eu to feliz. Se tem bolo de chocolate, eu to ótima e como tudo que eu faço, é pensando em vocês, eu trouxe o passo a passo para vocês ♥

(ignorem o merchan na foto rs)

3 ovos
1 colher média de fermento em pó
1 copo de 150 ml (aqueles de nutela) de leite
3 colheres de sopa de achocolatado
3 colheres de sopa de farinha 
2 colheres de sopa de manteiga
Manteiga e farinha para untar a forma



Primeiro você vai quebrar o ovo em um potinho (para ter a garantia de que ele não está estragado) e tem que ser um de cada vez.
Jogue os três na batedeira e bata por uns 3 minutos, para sair aquele gosto de ovo cru sabe.. (segredo da minha mamis que eu to repassando para vocês)


Em seguida coloque o leite, achocolatado e a farinha eu passei na peneira para ficar melhor (segundo minha mãe TAMBÉM), a manteiga e o fermento em pó.
Mexa sem ligar a batedeira até ficar de uma cor só, ou seja, da cor do achocolatado e em seguida, ligue a bateira para bater por uns 2 min até dar consistência.


Assim que terminar de bater, deixe a massa descansando o tempo que for necessário para untar a forma. Tem que passar a manteiga primeiro e depois a farinha, usem aquele papel filme ou um pincel se preferirem.


Coloque a massa na forma, centralizando a massa para não ficar estranho. Depois de colocar tudo, vai dando uns tapinhas na forma para ir espalhando certinho. 
Leve ao forno por 40 min, mas sempre olhando como está a cada 10 e quando estiver nos 35 min mais ou menos, coloque um palito para ver se sai limpo ou não.. E vai vendo se está bom a partir do palito, se ele sair limpo pode desligar e se sair sujo, deixe mais um tempo. 

(ignorem o merchan na foto rs)

Cobertura:
2 caixas de leite condensado
6 colheres de achocolatado 
1 colher de manteiga sem sal
1 caixa de leite condensado para medir o leite

Não deu para fotografar, mas acho que todos sabem fazer um brigadeiro.. É só colocar todos os ingredientes que citei e mexer até começar a soltar da panela ou você ver que está bom para uma cobertura/recheio


Depois do brigadeiro pronto, deixe esfriando um pouco e enquanto isso pegue uma xícara de leite e duas colheres de achocolatado para molhar o bolo.

(bolo molhado e o brigadeiro na panela)


(fiz maior meleca no prato que ficou o bolo, porque sou iniciante ainda, mas ok)

Recheie o bolo, a quantidade que quiser e use o que sobrou para cobrir (ou faça mais).
E agora é só se deliciar ♥

Um beijo e até o próximo post.

Acompanhe nas redes sociais