26/08/2016

Faça parte da equipe.


Oi gente, tudo bom?? Depois de muito tempo pensando na possibilidade de abrir vaga para colunista aqui no blog, eu cheguei a conclusão que preciso de pessoas para me ajudarem. Afinal, não crescemos sozinhos e nada melhor que abrir para vocês, meus leitores e amigos ♥

As categorias que eu pensei em colocar aqui no blog são: 

Moda: falar das tendências, dar dicas e o que gira em torno desse mundo que eu não entendo muito.

Filmes: seria bem bacana começarmos a resenhar filmes, sem spoilers de preferência né? Ou dar dicas de filmes pra galera assistir. Eu, como ando sem tempo, acabo não assistindo muito filme.

Livros: eu falo bastante disso aqui, mas não acho que é o suficiente. Falar sobre os lançamentos, eventos literários, resenhas... 

Comportamento: disso eu entendo bem, mas quero mais coisas, quero saber o que outras pessoas entendem de comportamento e podem passar para vocês.

Mande um texto em PDF ou o link de algum post seu (caso tenha um blog) para este e-mail não esqueça de colocar seu NOME, IDADE, LINK DO BLOG (se tiver), ESTADO. E no assunto coloque "EQUIPE PNA - E O ASSUNTO QUE DESEJA FALAR"

Vou ficar no aguardo dos e-mails de vocês, sei que vai sair coisa boa e juntos nós somos mais ♥

Um beijo, e até o próximo post.

Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais

15/08/2016

Fecha os olhos e confia em mim.

"Confia em mim, só dessa vez"
"Não consigo..."
"Só tenta, não vou te pedir mais nada. Confia dessa vez."


Ninguém sabe que conversamos até hoje, que quando me dá as crises de ansiedade, é você que eu procuro e que toda a palhaçada que rolou há dois anos atrás, foi um engano e não era você que fazia aquilo. Mas como explicar tudo isso para a minha família? Como explicar que você continua o mesmo?

Continua se preocupando comigo, cuidando, querendo estar perto e eu apenas tento retribuir. Sempre falhando, pra variar. 

Não é que eu não confie em você, talvez eu tenha medo de falar para os outros que voltamos, que estamos numa boa, que dessa vez vai dar certo... Talvez eu tenha medo de tudo que pode gerar. É complicado? Claro que é, ninguém disse que seria fácil, mas ver que você continua com o sentimento na mesma intensidade que há 4 anos atrás, me dá uma alegria.

Alegria em saber que tem alguém que realmente gosta de mim, que está disposto a largar tudo pra me ver bem e que mesmo eu fazendo umas cagadas, continua da mesma forma comigo. Essa sensação de ter alguém com quem contar sempre, é boa e ao mesmo tempo não.

Todo mundo aqui não gosta nem de ouvir o seu nome mais, e talvez seja isso que me faz não querer aproveitar a chance que estamos tendo. A chance de poder ter uma relação realmente verdadeira... Uso milhares de desculpas, mas a verdade é que para variar, eu não sei o que quero.

Um dia, quem sabe, a gente se reencontra novamente e tudo esta nos eixos? 

TEXTO ESCRITO POR
BEATRIZ FRANÇA.

Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais

08/08/2016

Mudar é necessário

Fonte: Tumblr

Dia desses estava pensando em como uma pessoa pode mudar tanto em pouco tempo, em como mudanças são necessárias para a evolução do ser humano. Deixar para atrás mentiras, mágoas, coisas ruins que fizemos, pensamos, pessoas negativas e tudo que nos atrasava.

"É difícil desapegar das pessoas e das coisas."

Achamos que essas pessoas querem nosso bem, avisando que tal vai dar errado mesmo antes de tentar, mas verdade é outra... Elas, mesmo não querendo demonstrar que querem o seu fracasso e sua infelicidade, com um subconsciente que as faz elas pensar e agirem dessa forma, acaba nos afetando.

Uma vez me falaram que pessoas negativas por perto, só atrasam e atraem coisas ruins e quando você se afasta, percebe que tudo começa a dar certo, que boa parte das coisas que davam errado, o seu desanimo e sua falta de vontade, era tudo por causa de coisas negativas que te rodeavam.

Tem que perdoar as pessoas, se perdoar por erros, pedir perdão por esses erros, olhar para frente e viver. Tentar esquecer todas as coisas ruins que fez e que fizeram com você... Parar de pensar que algo de ruim pode acontecer no dia seguinte, viver com medo não faz bem a ninguém. Tire um dia para colocar tudo em ordem, desde a vida até o guarda roupa.

Releva, se eleva e viva. É preciso paz interior, amor próprio e muita autoconfiança para lidar com as peças que vida pode pregar conosco. Muito estômago e cabeça firme. Não podemos desanimar, não se pode cair na ideia de que é o fim do mundo.

Aconteceu algo ruim? Reerga a cabeça, faça com que isso se torne  algo a seu favor e ao invés de perder horas imaginando que sua vida poderia ser um filme, levante no dia seguinte querendo colocar esse filme em prática.

TEXTO ESCRITO POR:
BEATRIZ FRANÇA.

Não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais