14/03/2015

É vida que segue..

De repente, eu estava no primeiro dia da escola primária e quando eu pisquei estava no meu primeiro dia no último ano do ensino médio. Será que é assim mesmo que funciona? Eu fiquei pensando, como eu poderia explicar essa minha fase.. Digamos que a vida de uma adolescente, se resume a isso. Estudar, estudar e estudar. Para no futuro, trabalhar, trabalhar e trabalhar.

Eu pensei no meu primeiro dia na escola primária, mas eu não me lembro.. A única coisa que eu sei, é que tinha parquinho, areia e que eu tinha uma amiga que me chamava de Silvinha. E ai, eu lembro do meu primeiro dia no ensino fundamental, numa sala cheia de gente "grande" com uma professora mega legal, que me enviou uma carta.. E eu fui me lembrando, lembrei do meu primeiro ano numa escola diferente depois de concluir o ensino fundamental I, mas tinha as mesmas pessoas da outra escola. Quando eu lembrei do meu último ano nessa escola que eu fiz o ensino fundamental II, mas eu não terminei lá.. Mudei de escola de repente, novo ambiente, novas pessoas, pensei que não fosse aguentar.. Mas aguentei até o final do ano de 2012. De repente, mudei novamente de escola e foi ai que a vida começou.. Ah o ensino médio! Sabe aquela sensação de "não vejo a hora disso tudo acabar"? Eu comecei a perceber que estava se aproximando essa hora, mas toda semana eu pedia "acabe, não aguento mais" e hoje no meu último ano de ensino médio, eu estou pedindo "demore, eu aguento mais.."



A vida é feita de fases, mas quem diria que a fase escolar passaria tão rápido. Nós odiamos acordar cedo, ver as mesmas pessoas sempre, mas eu juro que quando acabar, sentirei saudades. Saudades das paixões platônicas de escola, das paixões de cinco minutos do ônibus na volta da escola, das brincadeiras, zoeiras, passeios, fotos, brigas e tudo. Essa vida de escola, vai fazer falta! Ah e como vai.. Sabe o que vai restar desses momentos? Apenas lembranças, fotos e talvez alguns amigos. Será que amizade de ensino médio é pra vida toda ou a vida toda da amizade é apenas os três anos de escola?

Aliás a vida é feita de mudanças. Nós mudamos de casa, de escola, nosso jeito, nossos amigos, nossos amores, gostos e ficamos pensando o porque de tudo isso. O porque de tanta mudança, mas olha.. Se mudamos, é porque tem uma explicação. Pode demorar a chegar, enquanto isso.. É vida que segue, a vida continua.


E eu que estou no segundo mês do último ano do ensino médio, vou piscar e estarei no último dia do último ano do ensino médio, escrevendo um post parecido com esse e será que eu irei me orgulhar do que acontecer comigo ou não?

Beijos e até o próximo post.

Texto de minha autoria
Beatriz França
Acompanhe nas redes sociais

5 comentários:

  1. Ah, os adolescentes!

    ResponderExcluir
  2. Eu não tenho muitas boas lembranças da escola, mas posso me recordar de tudo o que vivi lá, e de algumas amizades que conquistei, que perduram até hoje. E realmente passou rápido, hoje estamos correndo atras de novos sonhos, novas metas, estamos literalmente em um novo mundo.
    E olhando para traz, embora sinta falta de algumas coisas, foi bom enquanto durou, e foi bom que já passou, isso mostra o quanto já crescemos.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero pensar assim quando tudo acabar esse ano! E não entendo como a vida está passando tão rápido ultimamente..

      Excluir
  3. Eu escrevi algo parecido um tempo atrás, sobre terminar a escola. Estava arrumando meus cadernos e trabalhos antigos, aquelas coisas que deixamos empilhar por anos, precisava jogar tudo fora. Foi como jogar anos e anos, mais que isso, era uma fase inteira terminando.

    Sei como você se sente. E não é algo triste, é algo meio intenso. É vida passando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com o coração na mão só de pensar em me desfazer de tudo no final do ano.. Mas é bom, porque é uma fase que termina e outra que se inicia.

      Obrigada pela visita.

      Excluir